Recomendações para o Culto às Almas dos Antepassados

São Paulo, 29 de outubro de 2018.

 

 

Aos ministros, funcionários da Igreja Messiânica Mundial do Brasil, caravanistas e participantes

 

Prezados Senhores,

 

No próximo dia 2 de novembro, ocorrerá, no Solo Sagrado de Guarapiranga, o Culto às Almas dos Antepassados. Este é o culto de grande significado para nós, messiânicos, pois teremos a oportunidade de homenagear nossos entes queridos. A cerimônia reunirá, aproximadamente, 25 mil pessoas provenientes de todas as regiões brasileiras e de alguns países. Portanto, em atenção a essa cerimônia especial, a Comunicação Integrada e Marketing vem recomendar aos messiânicos precauções para com as normas de conduta e a legislação vigente que rege o funcionamento do local.

 

NORMAS:

  • Como grande parte do Solo Sagrado fica ao ar livre, sugerimos que levem boné ou chapéu, filtro solar e capa de chuva. É importante evitar trajes e calçados que dificultem a visita (ex: salto alto), pois a caminhada é feita a pé. Não disponibilizamos transporte interno a não ser para os portadores de necessidades especiais.
  • Não é permitido:

 

  1. Levar animais;
  2. Consumir bebidas alcoólicas;
  3. Subir em pedras ou em árvores;
  4. Pendurar objetos nas árvores;
  5. Ficar sem camisa ou trajar roupas de banho;
  6. Banhar-se na represa ou entrar nos lagos e riachos;
  7. Alimentar as carpas nos lagos;
  8. Alimentar os animais silvestres e aproximar-se dos mesmos, pois há risco de ferimentos ou acidentes;
  9. Transitar em bicicletas e motocicletas;
  10. Andar de patins, velocípede, skate ou qualquer outro tipo de equipamento;
  11. Jogar bola, empinar pipas ou praticar esportes;
  12. Fazer pichações ou escrever em árvores e demais locais;
  13. Fazer qualquer som ou música que interfira no ambiente e sua tranquilidade;
  14. Realizar ensaios fotográficos ou de filmagens;
  15. Depositar cinzas mortuárias;
  16. Ultrapassar áreas com bloqueios ou acessos restritos.

 

ARTIGOS do CÓDIGO PENAL:

 

  • DOS CRIMES CONTRA O SENTIMENTO RELIGIOSO

Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo.

 

Art. 208 – Escarnecer (zombar) de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar (desprezar)

publicamente ato ou objeto de culto religioso:

Pena – detenção, de um mês a um ano, ou multa.

 

A Comunicação Integrada e Marketing primando pela harmonia e ordem gostaria de manifestar sua gratidão pelo entendimento e colaboração de todos na observância das normas e dos artigos em vigor.

 

 

 

Comunicação Integrada e Marketing

Igreja Messiânica Mundial do Brasil