Normas para visitantes

  1. Grande parte do Solo Sagrado fica ao ar livre. Aos grupos de visitantes que tenham feito seu agendamento pelo site, sugerimos que tragam boné ou chapéu, filtro solar e capa de chuva. É importante evitar trajes e calçados que dificultem a visita (ex: salto alto), pois a caminhada é feita a pé. Não disponibilizamos transporte.
  2. Na entrada, os visitantes receberão envelopes para que, de forma voluntária, possam oferecer contribuições para a manutenção do Solo Sagrado, já que não é cobrado ingresso. Caso haja o desejo espontâneo de colaborar, os envelopes deverão ser colocados na urna próxima ao altar do Templo.
  3. Os resíduos (lixo) deverão ser depositados separadamente nos coletores, de acordo com as suas cores.
  4. Não é permitido: Trazer animais; Consumir bebidas alcoólicas; Subir em pedras ou árvores; Pendurar objetos nas árvores; Ficar sem camisa e trajar roupas de banho; Banhar-se na represa ou entrar nos lagos e riachos; Alimentar as carpas nos lagos; Alimentar os animais silvestres e aproximar-se dos mesmos (risco de ferimentos ou acidentes) ; Transitar em bicicletas e motocicletas; Andar de patins, velocípede, skate ou qualquer outro do tipo; Jogar bola, empinar pipas ou praticar esportes; Fazer pichações ou escrever em árvores e demais locais; Pisar nos gramados ou fazer piqueniques; Fazer qualquer som ou música que interfira no ambiente e na sua tranquilidade; Realizar ensaios de imagens fotográficos ou de filmagens; Depositar cinzas mortuárias; Ultrapassar áreas com bloqueios ou acessos restritos.
  5. Nosso estacionamento possui vagas limitadas que atendem aos visitantes por ordem de chegada.
  6. Para saber como chegar ao Solo Sagrado, clique aqui.