Horta Caseira

Terceira edição do Concurso Horta em Casa premia vencedores

Aline Zille - agosto, 2018
thumbnail2OPZGFBM

Os vencedores de 2018 foram: Silvana Rodrigues Arashiro, do Johrei Center Jardim, Igreja Mato Grosso do Sul, Região Oeste, e Tupinambá Miranda Rodrigues, ligado ao Johrei Center Aleixo, Igreja Manaus, Região Norte. Regina Celia Castro de Maclean, Johrei Center Moema, Igreja Campo Belo, Região SP – 1, e Daniela Izandra Moreno Parra Yonaha, ligada ao Johrei Center Granja Viana, Igreja Pinheiros, Região SP – 4. Eliseo Wilkerson de Nazaré Gouveia, Johrei Center Itaipuaçu, Igreja Niterói, Região RJ – 4/ES, e Walkiria Alberti, ligada ao Johrei Center Granja Viana, Igreja Pinheiros, Região SP – 4. Eles foram premiados pelos resultados obtidos nas categorias vaso, suspensa e canteiro. Venceram na modalidade Johrei Center, as unidades Tatuapé e São Vicente.

Durante a saudação do presidente da Igreja Messiânica Mundial do Brasil, reverendo Marco Antonio Baptista Resende, no Solo Sagrado de Guarapiranga, no último dia 5, em razão do Culto Mensal de Agradecimento dedicado à Coluna da Agricultura Natural, oito participantes do Concurso Horta em Casa 2018 foram anunciados e parabenizados pelo dirigente, que lhes entregou os prêmios.

Nesta edição, a Secretaria de Horta Caseira, responsável por promover o concurso entre os messiânicos praticantes da horta em casa, recebeu 150 inscrições vindas de todo o País; o que mostra o crescente interesse na prática, bem como comprova seus inúmeros benefícios.

Seguindo o regulamento anunciado para a competição anual, a etapa de escolha final entre as pré-selecionadas pelos coordenadores ligados às Igrejas foi motivo de muita alegria para o ministro Carlos Daniel de Souza Rodrigues, responsável pela Secretaria. Ver a prática da Agricultura Natural ganhando espaços nos lares, seja em vasos, canteiros ou outros meios, emocionou o sacerdote. “A cada ano, a qualidade e a beleza da horta têm melhorado, e acredito que o ano que vem será mais acirrada a competição”, comentou.

Ao levar as fotografias das hortas candidatas para a apreciação do presidente da IMMB, ele teve uma surpresa. A dedicação e os resultados obtidos pelos membros agradaram tanto, que ficou decidido que todos seriam vencedores. Desta forma, os trabalhos selecionados em cada modalidade receberam um kit de ferramentas para utilizar na horta, um vaso em forma leque de cerâmica, idealizado a partir dos leques com poemas escritos por Meishu-Sama e um avental de praticante de horta. Além disso, a Korin disponibilizou um kit de produtos, arroz e café, que foram oferecidos em uma bolsa térmica. “O prêmio mais importante foi ser convidado a participar do culto no Solo Sagrado de Guarapiranga e encontrar nosso presidente, que lhes entregou os prêmios” destacou o responsável.

Aos demais participantes do concurso, o ministro Carlos Daniel deixa um recado: “Àqueles que não puderam ser premiados também são ganhadores, pois estavam representando o belo que Meishu-Sama nos ensinou”.

O Concurso Horta em Casa, anualmente, junto aos membros da Igreja, comprova o quanto é prazeroso praticar a Agricultura Natural como Coluna de Salvação. “A prática da horta torna a nossa vida mais feliz”, garante o gestor.