Experiência de Fé do Culto

Aurelino Araújo Junior – Julho 2018

Igreja Messiânica Mundial do Brasil - julho, 2018

Culto Mensal de Agradecimento
Solo Sagrado de Guarapiranga
1º de julho de 2018

Bom-dia a todos!

Sou messiânico há oito anos e dedico no Johrei Center Marília, ligado à Igreja Araçatuba.

Hoje, gostaria de compartilhar com todos, minha experiência sobre como o encontro com Meishu-Sama e o empenho em seguir seus ensinamentos e todas as práticas orientadas, gerou uma força de salvação capaz de mudar meu nível espiritual e, consequentemente, meu destino.

Nasci em uma família com muitos conflitos, em que discussões, brigas e até agressões físicas eram ocorrências rotineiras.

Foram 33 anos de perturbações espirituais e de intenso sofrimento psíquico, emocional e material.

Quando eu tinha sete anos, meus pais se separaram e, assim, minha mãe, uma de minhas irmãs e eu passamos a morar em um cortiço num bairro periférico da cidade. Era um ambiente hostil, de muita pobreza e violência.

Influenciado pelas más amizades, praticava atos de delinquência e, aos 12 anos, comecei a ingerir bebida alcoólica com frequência, tornando-me dependente.

Minha adolescência e juventude foram repletas de angústia, solidão e medo.

Com muitas dificuldades e contando com a ajuda de uma irmã mais velha, consegui cursar a faculdade de marketing. Entretanto, não conseguia emprego e, quando surgia alguma oportunidade, era rapidamente dispensado.

Casei-me aos 22 anos e logo fui pai. Entretanto, devido ao meu comportamento inconsequente e à vida desregrada, os conflitos eram constantes. Sempre levei muita preocupação e sofrimento para minha família. Entre outras situações, um dia em que me encontrava alcoolizado, capotei com o carro, dando perda total.

Dessa forma, após doze anos de casamento, me separei.

Fui morar com meu pai, mas estava muito desequilibrado emocional e materialmente e, em um momento de profundo desespero, cheguei a pensar que a única forma de resolver aquela situação era dar fim à própria vida.

Nesse instante, lembrei-me repentinamente de um amigo de meu pai que me conhecia desde a infância e sempre me dava bons conselhos e por quem nutria muito respeito e consideração.

Entrei em contato com ele, combinamos de nos encontrar.

Quando ele viu meu estado, completamente transtornado, disse com firmeza: “Vou te levar à Igreja do Meishu-Sama; lá, a luz é intensa e vai te reequilibrar.”

Não entendi o que ele quis dizer, mas quando ouvi o nome “Meishu-Sama” senti um enorme alívio, segurança, e uma grande esperança invadiu meu coração. Esse amigo era frequentador da Igreja e me levou para receber Johrei.

Foi nessas condições que cheguei à Igreja Messiânica. Aos 34 anos de idade, desempregado, longe dos filhos, dependente alcoólico e totalmente sem perspectiva de reconstruir minha vida.

Ao chegar ao Johrei Center, fui muito bem acolhido e recebi o primeiro Johrei que me trouxe uma sensação de paz e bem-estar.

Ao ser atendido pelo ministro, este me passou a tarefa de receber, no mínimo, 10 Johrei diariamente, durante um mês. Desse modo, comecei a frequentar a Igreja com este objetivo. Ele também me disse para ler diariamente os ensinamentos de Meishu-Sama.

Com o Johrei e a leitura dos ensinamentos, fui ganhando força, lucidez, e as pessoas começaram a me ver diferente. Aos poucos, começaram a surgir algumas oportunidades de trabalho.

Após quatro meses frequentando a Igreja, recebi uma grande graça: consegui alugar a casa de um amigo, sem fiador, pagando aluguel bem abaixo do valor normal.

Minha casa era simples e não tinha nenhum outro móvel além de uma cama e um armário. Para mim, porém, era uma verdadeira mansão. Sentia que ganhava um presente de Meishu-Sama para iniciar uma vida mais digna.

A cada dia, meu coração se enchia de gratidão; minha maneira de pensar e agir foi tomando uma nova direção. Sentia-me mais sereno e bebia com menos frequência e em menor quantidade.

Vendo meu desejo de melhorar cada vez mais, o ministro me falou sobre a importância de agradecer a Deus as bênçãos já conquistadas e de ser útil para acumular méritos e elevar o nível espiritual. Assim sendo, me deu a tarefa de dedicar na limpeza da unidade.

Inicialmente não entendia como uma limpeza de banheiro poderia influenciar uma condição espiritual, mas por obediência, comecei a praticar.

Passei também a materializar meu sentimento através da oferta do donativo de gratidão, de acordo com as possibilidades.

Senti as dedicações me transformar completamente. Ganhei uma nova compreensão espiritual e despertou em mim uma forte vontade de ministrar Johrei para fazer por outras pessoas o mesmo que estava sendo feito por mim. Então, após as aulas preparatórias, tive a permissão de receber a Medalha da Luz Divina (Ohikari).

A partir de então, passei a dedicar ativamente na ministração de Johrei e em diversos setores da Igreja.

Os trabalhos na área de marketing começaram a surgir, venci o vício da bebida e, pouco a pouco, fui adquirindo a estabilidade material.

Passados dois anos, mantendo o mesmo ritmo de dedicação, fiquei sabendo de uma empresa de Dubai que precisava de um profissional de marketing para trabalhar no Brasil. Enviei meu currículo de maneira despretensiosa. Contudo, para minha surpresa, a empresa me contratou com um excelente salário.

Pouco tempo depois, conheci uma pessoa maravilhosa. Nós nos casamos, compramos nosso apartamento, e meus filhos decidiram morar conosco.

Hoje temos a permissão de desfrutar de um lar paradisíaco, em que todos compartilham a mesma fé e estamos nos preparando para, ainda este ano, entronizar o altar do lar.

Convicto do poder de salvação de Meishu-Sama, aproveito as oportunidades para falar sobre a Igreja e já tive a permissão de encaminhar 15 pessoas à fé messiânica, entre amigos e familiares.

Foi seguindo os passos de Meishu-Sama, fazendo as práticas básicas, culto, Johrei e dedicação, e oferecendo o donativo de gratidão, que minha vida foi se transformando.

Recentemente, assumi a missão de assistente de ministro e me empenho de corpo e alma para contribuir para a formação de lares paradisíacos, assim como ocorreu comigo.

Agradeço a Deus e a Meishu-Sama a permissão de servir em Sua Obra e de me proporcionar uma nova vida.

Muito obrigado.